Sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

Aventura na Linha do Sabor

A Linha Ferroviária do Sabor que ligava a estação do Pocinho (Linha do Douro) a Duas Igrejas, foi construída de forma faseada e, o seu longo atraso na conclusão, ditou, por falta de verbas, que nunca chegasse a Miranda do Douro.

A Linha do Sabor possui a maior rampa ferroviária contínua em Portugal, sendo que nos 12 km que distam entre a estação do Pocinho e de Torre de Moncorvo que, se vencem em 280 metros de desnível, num traçado sinuoso de rara beleza, era necessário a meio do percurso realizar uma paragem técnica na denominada "estação da Grincha", para que as locomotivas a vapor pudessem recuperar a pressão e continuar a longa subida. De Torre de Moncorvo até Felgar a rampa continuava, vencendo-se em 13 km 260 metros de altitude, o que prefaz uma rampa contínua de 25 km, necessário para que os comboios subissem o Douro, contornassem a Serra do Reboredo, e pudessem entrar no planalto mirandês.

A abertura da Linha do Sabor foi realizada da seguinte forma:

Pocinho - Carviçais - 17 Setembro 1911

Carviçais - Lagoaça - 06 Julho 1927

Lagoaça - Mogadouro - 01 Junho 1930

Mogadouro - Duas Igrejas - 22 Maio 1938

Torre de Moncorvo foi de todas as quatro sedes de concelho que a linha atravessa, a única a ter estação no próprio povoado. Freixo de Espada a Cinta, Mogadouro e Miiranda do Douro tinham as respectivas estações longe do centro, e que em último caso condenou a longo prazo a linha ao declínio da sua procura. Acelerado pelo despovoamento que a emigração ditou na segunda metade do século XX, o desinvestimento na via férrea teve o seu início. O material traccionado a vapor durou até ao seu encerramento, tanto para os comboios de passageiros, como de mercadorias e mistos. Para os passageiros surgiu ainda uma pequeníssima automotora fruto de um projecto nacional, que tinha a carroçaria de autocarro e era impulsionada por um motor a gasolina. O material anacrónico começou a ser substituído gradualmente por circulações rodoviárias, deixando nos últimos anos de exploração ferroviária apenas uma circulação de comboios em cada sentido, que fizesse integralmente os 105 km do Pocinho a Duas Igrejas, e duas que cumprissem apenas o Troço Pocinho - Mogadouro. 

A 1 de Agosto de 1988 estava tudo acabado na Linha do Sabor.

 

A Grande Rota que se pretende realizar entre 30 de Setembro e 02 de Outubro de 2009 é da seguinte forma:

 

Duas Igrejas - Mogadouro - 32,8 km

Mogadouro - Freixo de Espada a Cinta - 30,3 km

Freixo de Espada a Cinta - Torre de Moncorvo - 30 km

 

 

publicado por vagabundos às 08:36
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.frase / pensamento

"faz-se caminho caminhando"

.normas de conduta

1. seguir somente pelos trilhos sinalizados 2. cuidado com o gado, por norma não gosta da aproximação de estranhos 3. evitar barulhos e atitudes que perturbem a paz local 4. observar a fauna à distância 5. não danificar a flora 6. não abandonar o lixo, levando-o até um local onde exista serviço de recolha 7. fechar cancelas e portelos 8. respeitar a propriedade privada 9. não fazer lume 10. ser afável com os habitantes locais

.posts recentes

. Aventura na Linha do Sabo...

.arquivos

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Agosto 2012

. Abril 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Abril 2011

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

.Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links